Já falamos sobre marketing digital neste post aqui. Agora vamos falar sobre uma forma de você fazer esse marketing de forma não invasiva e ainda diminuir os custos com vendas da sua empresa com o Inbound Marketing.

Primeiro vamos contextualizar com alguns dados do que já sabemos sobre as compras e buscas online:

  • 80% dos consumidores prefere buscar informações sobre produtos e serviços em artigos ou matérias do que em materiais publicitários.
  • 93% dos processos de compra começam com uma busca online.
  • Apenas 3% dos visitantes do seu site estão preparados para a compra no primeiro contato.

Ainda, dentro de tudo isso, saiba que 90% dos clique da web vêm do Inbound Marketing. Por quê? Porque ele não é invasivo, ele trabalha com informação!

google-search

Mas o que é o Inbound Marketing?

O Inbound Marketing utiliza estratégias que têm como objetivo atrair voluntariamente os consumidores ao site da empresa, através do relacionamento que ele cria com esse consumidor, e não de propagandas.

Ou seja, com o Inbound você estará comunicando para as pessoas interessadas no seu produto ou serviço e, ainda, educando elas a respeito disso. Outro fator importante é o relacionamento que você estará criando com seu cliente. Você vai estar transferindo conhecimento para ele e, ao mesmo tempo, fazendo com que ele confie e respeite sua empresa. E esse, hoje, é um grande diferencial entre escolher um produto na sua empresa ou na concorrente.

 

Como funciona o Inbound Marketing?

Você já sabe que precisa dar informações para seu cliente para educar ele e prepará-lo para a compra. Mas como fazer isso?

O princípio básico do Inbound é a captação de leads, ou seja, e-mails de clientes. Tendo esses e-mails, mantenha uma comunicação com ele regularmente e, por vezes, envie um material específico onde você vai pedir, além do e-mail, mais informações sobre ele. A cada material enviado sobre temas primeiramente abrangentes, você vai compreendendo mais esse cliente e enviando temas mais específicos e relevantes para ele. Quando ele estiver preparado, é chegada a hora de trabalhar sua empresa, produto ou serviço com ele e, entrar em contato através de um vendedor. Nessa hora seu clientes além de estar mais preparado para compra também já saberá muito mais sobre seu produto e estará mais certo sobre a decisão de compra.

A esse processo de captação e nutrição desses leads, até a etapa final que é a prospecção da venda, chamamos de Funil de Vendas. Ele é a base da elaboração do plano do Inbound Marketing.

inbound-marketing

Inbound Marketing realmente funciona?

Para responder isso, vou deixar com vocês algumas estatísticas sobre o Inbound:

  • Gera 275% de Retorno sobre o Investimento (ROI) aplicado nas ações.
  • 90% dos cliques na web vêm do Inbound Marketing.
  • O Inbound Marketing gera um aumento de 50% nas vendas das empresas que fazem bem a nutrição dos leads.
  • O custo de venda em empresas que fazem bem a nutrição dos leads é 33% menor em relação às demais.
  • Apenas 3% dos visitantes do seu site estão preparados para a compra no primeiro contato.
  • O Inbound Marketing gera 3x mais leads e custa 62% menos do que o marketing tradicional.
  • As chances de vender para um leads qualificado é 8x maior do que vender para um lead despreparado.
  • Uma empresa que prioriza o uso e desenvolvimento de um blog tem 13x mais chances de ter um ROI positivo.
  • Com a adoção do Inbound Marketing, 60% do processo de compra já está feito quando o consumidor entra em contato com o vendedor.

 

Então, meu caro, se você estagnou e só entrega produtos e não conhecimento, trate de ir em busca de uma atualização de mercado.

Ficou com dúvidas? Deixa seu comentário  que a gente responde 😉